Deploy Everyday my journey on the Internets (mainly dev and ops stuff)

$ diff life_before life_now

Faz um tempinho que não posto algo, né? Um mês e três dias para ser exato, mesmo compreendendo que consistência é o um dos pilares para um bom blog. Mas minha vida pessoal e profissional passou por um plot twist gigantesco nestas últimas semanas, tirando qualquer chance de manter a normalidade. Agora com as águas mais calmas, escrevo-lhes diretamente de Florianópolis, contando como cheguei aqui!

De Cascavel para Floripa

Sou de Cascavel, no interior do Paraná. Mesmo com a cidade crescendo nos últimos tempos, os inventimentos públicos e privados em tecnologia ganhando força e gerando frutos, eu sempre assistia a como as grandes capitais brasileiras - Curitiba, São Paulo, Florianópolis - estavam a nossa frente. Encontros de Meetups dos mais variados assuntos, grupos de empreendedores, startups surgindo aqui e ali e uma comunidade extremamente forte e unida, disseminando conhecimento e compartilhando como estão solucionando os diversos problemas da atualidade.

Observando tudo isso, eu percebi que não iria esperar a minha cidade natal chegar nesse nível (realmente uma questão de tempo, pois ela vai) e decidi tentar a sorte na cidade grande.

Numa comparação entre as capitais citadas, Florianópolis foi a que me trouxe brilho nos olhos. Polo tecnológico em evolução acelerada, berço de startups e belezas naturais. Estou morando a 15 minutos de bike da praia, com certeza isso entrou na listinha de prós. Claro que a cidade não é perfeita, lendo blogs e conversando com o pessoal daqui, Floripa sofre muito com sua infraestrutura de estradas e transporte público, principalmente durante as temporadas de férias. É basicamene uma única estrada que separada dois pontos remotos, ou seja, se houver algum engarrafamento, a cidade para. Nem tudo é perfeito, mas coloquei meu voto de confiança aqui e imagino ter feito a escolha certa.

Lagoa da Conceição Do ladinho do trampo…

Cidade avaliada e escolhida, mas eu também precisava de um teto e comida, sabe, coisas básicas da vida. Depois de algumas semanas de currículos, entrevistas e testes técnicos, encontrei a Mind The Graph!

Software Engineer… not bad, huh?

Entrei na Mind The Graph como Software Engineer com foco na infraestrutura. O objetivo é a melhora continua do backend da aplicação - servidores, banco de dados etc - e também na parte de desenvolvimento da aplicação. O foco do projeto é fornecer uma plataforma para que cientistas da vida e saúde possam criar belíssimos infográficos para publicar em suas monografias, pesquisas, artigos e trabalhos, estimulando cada vez mais o interesse e acesso do público em geral a este conteúdo. O grande diferencial da ferramenta é a possibilidade de solicitar desenhos personalizados feitos pelos ilustradores da equipe, para serem utilizados dentro da plataforma, mantendo um padrão de alta qualidade no material.

Incrivelmente encontrei um trampo que possui todas as tags que estava pensando nos últimos tempos: Cloud, Web, Automation, DevOps, Dev e Startup. Toda a equipe é excelente no seu trabalho e eu tenho orgulho de estar fazendo parte disso tudo! Além do mais, estamos dentro do Cafundó.

El Gran Cafundó Estúdio Criativo

Sabe aquele lugar que você pode trampar deitado numa rede, tirar uns minutos pra jogar videogame e ping pong e trocar as mais variadas ideias com pessoas incríveis? Bem, esse é o Cafundó Estúdio Criativo.

Atualmente a Mind The Graph se encontra lá dentro, usufruindo do seu espaço e mentes brilhantes. Não tenho como descrever o lugar com outra palavra a não ser: amazing. O slogan do estúdio é criar conteúdo que tire um sorriso de canto de boca dos seus clientes, mas posso dizer que eles também conseguem tirar o mesmo sorriso de quem está lá dentro ♥.

Cafundó Estúdio Criativo

You see me I be work work work work work (and enjoying)

Well, o título acima diz tudo. Work hard and enjoy, life couldn’t be sweeter right now.

Last but not least, queria fazer um agradecimento especial a pessoa que me hospedou nesses primeiros dias de mudança. Obrigado de coração Bel pelo carinho e suporte desde que cheguei, sabes que quando precisar é só mandar um sinal de fumaça!

Share this on

Comment